"Contemplai a sua Face e serei consolada"

"Contemplai a sua Face e serei consolada"

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Convite ao Silêncio

                                                                           
                           
                                                                       Reflexão.

                      O tempo que passamos nas grandes cidades em meio as  pessoas, noticias, risos, sons etc...
                    As situações continuas o ser humanos vai esquecendo de Deus e de si mesmo deixando assim a simplicidade dos bons costumes que os pais ensinaram, quando eles se concentravam na sala para conversar o que iria fazer com discernimento mais antes de tudo se inclinavam ao silêncio que o levavam a agir com dignidade realizando assim tudo que devia ser feito com perfeição. Neste nosso tempo a nossa cabeça tem muito ruido por motivos de vida que levamos ainda mais em grandes cidades que leva muitos ao estres, doenças psicossomática e entre outras doenças sem se dar a atenção do valor que cada um tem, por tanto entre estas situações se tornam difícil se concentrar para resolver certas situações que deve silenciar o interior. 
                  Para exercitar este silêncio deve começar a fazer o silêncio externo, no  falar, pensar, comportar-se com os outros no trabalho como realizar seus compromissos, gestos, ações  por menores que sejam, se quer fazer uma experiência de silêncio interno deve-se começar por dentro e ai poderá exercitar a fazer o silêncio externo mais em primeiro plano o interno deve dar os primeiros passos para chegar  ao inicio da contemplação, a experiência de Deus. 
                A contemplação não é somente fechar a boca e parar de falar mais deve-se mudar atitudes em geral para começar a dar estes primeiros passos do silêncio interior. A contemplação é respeitar o seu ser e respeitar os que estão ao seu lado e depois Deus com sua forma de se apresentar ensinará a exaustidão do interior que devemos trabalhar e a presença de Deus conduzirá passos em passos como deve viver o silêncio de cada situação de cada um .    

                            

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

                                 
                                            Vida Religiosa Contemplativa de Clausura.


                                                                           

      Os monges e monjas que vivem em clausura derramam numerosas graças sobre o mundo.